Depoimentos

  • Entre as milhares de pessoas que o médium Edson Barbosa de Souza atendeu veja aqui alguns depoimentos:

Caro Irmão Edson Barbosa, Gostaria através desta carta, dar um depoimento de cura de uma doença terrível, que universalmente atinge desde a criança ao velho, contar a trajetória do período mais difícil da minha vida, de uma pessoa que nunca teve problemas sérios de saúde até que fui acometido pelo Linfoma de Hodgkin.A época dos primeiros sintomas eu tinha 36 anos, e, em meados de abril de 2014 comecei a ter tosses que achei que era algo relacionado a gripe, resfriado ou no máximo uma alergia, era uma tosse seca que hora melhorava, hora piorava, achei que iria se curar sozinho ou com medicamento para esse mal, até porque não havia nenhum outro sintoma que poderiam me levar a uma extrema  preocupação, me sentia bem, fora o incomodo de ficar tossindo constantemente, e alguns meses se passaram, meses me pesaram por não ter procurado ajuda médica antes, imediatamente ao inicio da tosse,  o achismo foi fundamental na balança do tempo e não me dei o direito de ter um diagnóstico precoce e assim ter meu tratamento aliviado. Após algum tempo do inicio das tosses, comecei também a perder peso, ter muita fraqueza, febre e sudorese intensos e sempre noturnos e por muita insistência da minha esposa, procuramos um cardiologista que pediu vários exames que foram prontamente feitos,  no retorno ao médico,  não havia problemas com o coração, mas que eu tinha algum problema no sangue que ele não saberia identificar o real problema encaminhando urgente a consulta de um hematologista. E diante de um diagnostico desconhecido, mas com uma suspeita e ter um fantasma rondando minha vida contei a minha família o que poderia vir a acontecer, foi um choque para todos que imediatamente começaram em orações por minha vida, minha mãe tarefeira da casa espirita Recanto de Luz Irmã Scheilla e conhecedora das curas espirituais imediatamente fez consulta a distancia e já na primeira consulta foi receitado visitações espirituais e extratos para meu tratamento. Marcado as pressas fui a consulta com o hematologista, e após exames físicos ele constatou nódulos no pescoço e outros nódulos nas axilas e virilhas e juntamente com outros sintomas a conclusão foi de que eu tinha os sintomas clássicos de linfoma e então foi solicitado todos os exame possíveis e urgentes, pois segundo o médico, já estava claro que era linfoma, só precisaria saber o grau de severidade e o tipo de linfoma, que possui algumas variações agressivas e outras menos agressivas. Fiz exames de sangue,  Pet Scan e biopsia da medula, e no retorno foi constatado através dos exames que era linfoma de hodgkin nível 4, nível mais grave na escala do câncer, tendo ainda a dolorida noticia que a chance de cura era de 40% devido a gravidade, pois o câncer já havia disseminado pelo sistema linfático, pescoço, virilha, fígado, medula óssea e focos nos pulmões. Foi o pior dia da minha vida, não estava acreditando que estava com câncer, logo eu que tinha uma ótima saúde e agora o futuro era incerto e começava a batalha pela vida e graças a Deus tive todo o apoio da família, amigos e trabalho para enfrentar o que viria, o tratamento de linfoma normalmente é de 6 ciclos, mas devido a gravidade meu tratamento seria de 8 ciclos com dosagens mais fortes e que cada ciclo teria 4 sessões.O local do tratamento ainda não estava certo, cheguei a fazer alguns exames no Hospital AC Camargo em São Paulo, a princípio estava pensando em fazer o tratamento lá, pois me haviam dito que era o Hospital referencia em tratamento de câncer no Brasil, mas durante todo o tempo que estive lá vi pacientes com todos os tipos de câncer, muitas delas em estado terminal, o que me deixava muito angustiado porque não queria acabar daquele jeito, então decidi com minha família que eu faria todo o tratamento na clinica em que foi diagnosticado a doença, cidade onde resido Sorocaba, porque não estava preparado para  enfrentar aquele ambiente nem os deslocamentos entre Sorocaba e São Paulo que seriam terríveis para uma pessoa já debilitada pela doença e pelos efeitos da quimioterapia.  Como que guiado por Deus, foi a melhor das decisões, porque era tudo com horário marcado e na primeira sessão sofri muito com os fortes enjoos, não conseguia dormir, estava fraco, não conseguia comer e quando eu pensava na quantidade de sessões que ainda tinha de enfrentar, achava que não ia conseguir, o efeito da medicação era devastadora e pensava que se tivesse escolhido o Hospital seria bem pior, felizmente tudo foi muito rápido e comecei o tratamento quimioterápico em 21/10/2014.

Após as primeiras sessões que foram as mais difíceis, pude compreender melhor como era o tratamento e os efeitos sobre meu corpo e mente e aos poucos, deixava de ser um pesadelo para ser apenas uma etapa difícil na minha vida que iria ser vencida com certeza. Mas com todo o apoio da família, me senti fortalecido para enfrentar a batalha, vi meu nome correr pelas correntes de oração das mais diversas igrejas e também no Centro Espirita Recanto de Luz Irmã Sheilla, onde ao longo do tratamento quimioterápico também tive tratamento espiritual, minha mãe incansavelmente fez consultas a distancia com visitações espirituais e tratamentos com extratos, recebi litros de água fluidificada, que por muitas vezes ao término dos trabalhos de cura aos sábados ainda vinha para Sorocaba para me trazer os medicamentos indicados pelos médicos espirituais Dr. Stefani e Dr. Xavier para continuidade do tratamento,  que devido a minha imunidade estar muito baixa os passeios e visitas eram limitados, uma contaminação de uma gripe simples para qualquer um poderia ser fatal para mim. Numa das visitações espirituais de tratamento que a minha mãe pedia, recolhido em oração e descanso recebi a visita dos médicos espirituais e também da minha mãe, que submetida na mesma noite por um sono profundo foi levada em espirito ao meu quarto, deles irradiava ao meu peito uma forte luz e pude ouvir a mensagem para que eu tivesse fé, adormeci pesadamente sem ver mais nada.Minha ultima sessão de quimioterapia foi no dia 02 de Maio de 2015, tive a grata noticia em 16/07/2015 que eu estava curado, desde então faço acompanhamento de 3 em 3 meses, depois será de 6 em 6, depois anualmente até atingir 5 anos, mas graças a Deus e ao amparo espiritual e terreno que tive estou curado.

Tive apoio em todos os sentidos espiritual, fisicamente e mentalmente, pude contar com a amizade de todos até da enfermeira que aplicava a medicação, sempre havia uma conversa pronta para fazer passar o tempo, a confiança estava se restabelecendo, e depois de algum tempo já até levava bolo e refrigerante para todos na clinica e também para mim, claro…..rsrsrsr estava recebendo a medicação na veia e comendo bolo, o suporte da família, minha fé, as orações que fizeram por mim, o tratamento espiritual no Irmã Scheilla, a clinica escolhida para fazer o tratamento, a enfermeira que me tratou com muito carinho tudo isto me fazia bem e com certeza foi o algo dentre muitas outras coisas que me ajudaram, que posso no final de tudo dizer…Fui agraciado por Deus e Deus me deu a chance de sair desta para cumprir com minha tarefa neste mundo. Pela gravidade da doença e pelo já estado avançado em que se encontrava, eu credito a cura por acreditar que sou merecedor e que fui guiado por Deus para ter o melhor tratamento físico e espiritual possível e por ter uma grande família que sempre me ajudou e apoiou em todos os momentos difíceis do tratamento. Desde o término do tratamento quimioterápico até hoje, ou seja, de junho/14 a fev/15 completa nove meses, hoje tenho 38 anos e renasci, fisicamente e principalmente espiritualmente, e propago a cura espiritual para quem necessita junto com o tratamento terreno, porque lado a lado me abriram a porta para que hoje eu pudesse estar renascendo. Quero agradecer a toda a equipe médica espiritual do Dr. Stefani Oswald e Dr. Xavier por todas as visitações e tratamento com as águas fluidificadas e extratos, sem me esquecer do tratamento médico terreno que juntos fizeram com que eu me curasse e agradeço a Deus a oportunidade de ser tratado por eles. Agradeço também ao amigo Edson Barbosa que através da sua mediunidade me ajudou e ajuda a todos aqueles que buscam a cura através da casa Espirita Recanto de Luz Irmã Scheilla.

Eu autorizo a divulgação desse depoimento onde for necessário, que as palavras desse seja a esperança do hoje de quem passa por isso, porque sem esperança, “FÉ” e ajuda espiritual e terrena não conseguimos, nós somos merecedores todos da graça do Pai porque somos filhos de Deus perfeito, somos a sua imagem e semelhança, então somos perfeitos. Que Deus os abençoe.

Eduardo Zambroneli Machado 38 anos

Sorocaba-SP

11/02/2016

_______________________________________________________________________________________________________

DEPOIMENTO DE Cíntia RECEBIDO DIA 03/01/2016
Boa tarde,
Amanhã faço 25 anos, desde os 21 eu não sei o que é comemorar, o que é estar bem, geralmente todo fim de ano e Janeiro é horrível para mim, geralmente em Janeiro fico internada… Esse Natal foi o melhor depois de anos, eu comi, sai e me diverti com a família e amigos e não tive nenhum sintoma desagradável, hoje vou comemorar meu aniversário aqui, ja ja estarão chegando os amigos,eu agradeço vocês de coração, porque foram fundamentais na minha melhora, mesmo tomando meus vários comprimidos para o meu problema intestinal chamado retocolite ulcerativa eu ainda não controlava os sintomas, só controlava a doença para que não piorasse. Depois que iniciei as cirurgias com vocês meus sintomas sumiram. Ainda tomo os remédios, mas só por não ter mais sintomas e ter vida normal, eu ja estou ótima. Então agradeço de coração pelo carinho que vocês têm comigo todas as vezes que estou ai, agradeço ao Edson pelo trabalho maravilhoso e claro, ao Dr Stefani e a Deus por ter chegado até aí. As vezes têm males que vem para o bem. Hoje posso comer coisas que antes não podia (claro que não abuso) mas como, ja vou me inscrever na faculdade nesse ano, coisa que também não podia fazer devido ás inúmeras idas ao banheiro, então escrevo isso até emocionada, porque até o simples fato de voltar andando pra casa apreciando a rua após o trabalho eu não fazia mais, eu ia de táxi e voltava para não passar mal na rua, então poder fazer coisas simples como essa, mudam minha vida totalmente. Me desculpe pelo enorme texto, mas é que eu precisava mesmo agradecer a vocês e de certa forma testemunhar os resultados do tratamento. Que Deus abençoe imensamente a vocês todos. Um beijo enorme, obrigada por todo carinho e atenção de sempre e em Janeiro agora estarei aí novamente.
Cíntia M
Mauá/SP

_______________________________________________________________________________________________________
Depoimento de Juliana
Iniciei meu tratamento em março de 2014, após vários anos tentando engravidar e vários tratamentos médicos frustrados a única coisa que mantinha meu sonho era a fé, conheci o médium Edson na minha cidade onde ele veio fazer um trabalho de cura no meu centro, nessa época já fazia aproximadamente 3 anos que tentava engravidar, com diagnóstico de endometriose, falência ovariana precoce e hipotireoidismo isso com apenas 30 anos os médicos físicos não acreditavam que poderia ter uma gravidez natural, a partir de então foram 7 cirurgias espirituais que fiz até o final do ano de 2014, e por problemas pessoais não pude dar continuidade ao tratamento e não cheguei a receber alta, porém esse trabalho é maravilhoso pois ele se inicia no horário q chegamos até a saída e sempre saia renovada , claro q minha fé foi testada e em alguns momentos cheguei a pensar que: talvez a maternidade do jeito que eu queria poderia não chegar mas estava resignada a esperar o momento certo e a adoção já fazia parte dos meus planos, mas em março de 2015 tive a surpresa que tanto esperava estava finalmente grávida, hoje escrevo esse relato com meu filho Pedro em meus braços, filho amado, e com isso espero q todos vocês que estão passando por algum sofrimento tenham a fé renovada, não desanimem, acreditem na espiritualidade maior e trabalhem a reforma íntima, tentando se melhorar a cada dia e a merecida vitória chegará .
Um grande abraço
Juliana S.M
São Jose dos Campos/SP
11/12/15
_______________________________________________________________________________________________________
Meu nome é Thairam Scapinelli, tenho 23 anos e vim dar meu testemunho sobre a cirurgia espiritual.
Bom, desde os meus 12 anos eu venho sofrendo com meus rins. Fiz tratamento em Hospitais conceituados na cidade de São Paulo. E nunca tive uma resposta concreta, nunca me deram a cura para os meus cálculos renais, em consequência as infecções altíssimas e as dores. Ao todo fiz 7 procedimentos cirúrgicos. E vou falar a verdade, desanimei da vida na 7ª cirurgia, pois ouvi que teria que me “acostumar com essa rotina”. Ouvir isso doeu mais do que a própria dor.
A primeira cirurgia aconteceu aos 12 anos, em um grande hospital especializados em rins. Fiz tudo o que os médicos pediram, segui toda a dieta (que por sinal, para uma criança de 12 anos não poder comer muita coisa, foi difícil). Mas acreditei que ficaria melhor, então valeria a pena tudo isso. Só que não foi bem assim. Todo ano eu ficava internada pelo menos 10 á 15 dias para combater as infecções e as dores. Com o tempo as dores ficaram mais fortes, e com intervalo de 6 meses de uma crise renal para a outra. Consequentemente, as cirurgias ficaram mais “comuns”, era praticamente uma cirurgia por ano.
Vou pular para a 6ª e 7ª cirurgia, pois foi ai que as coisas ficaram criticas. Minha 6ª cirurgia foi em Outubro de 2014, já com 22 anos. Dei entrada na Santa Casa da minha cidade, e la foi constatado que a infecção estava indo para o sangue, e que meus rins nao estavam funcionando perfeitamente. Mais uma vez fiquei internada e fiz uma bateria de exames, quais confirmaram que meu rim direito estava 100% parado e cheio de pedrinhas e o rim esquerdo havia uma pedrinha de 1cm (isso mesmo, 1 centímetro), e que teria que fazer uma cirurgia com emergência.
Entrei no centro cirúrgico e acabei pedindo para Deus me livrar desse sofrimento todo, mas que se fosse para continuar sofrendo eu preferia morrer, havia chegado no meu limite psicológico. Normalmente as cirurgias de rins são simples e costumam demorar em média uma hora e meia. Porem, a minha cirurgia demorou mais de três horas, e eu tive uma hemorragia muito grande durante a cirurgia. Me lembro de ter acordado e perguntado para o médico o que era aquele baldes no canto da sala, e ele falou “voce sofreu uma hemorragia durante a cirurgia, voce nos assustou muito mocinha, agora descansa”. E pedi para que avisassem a minha mae que eu estava bem. A recuperação foi a pior que eu ja tive, e eu continuei perdendo muito sangue. Acabei tendo alta, mas no dia seguinte estava eu la no hospital de novo, literalmente rolando de dor pelo chão. Voltei a ficar internada por causa da dor, causada pelos DUPLO J (são dois canos internos, que ligam o rim ate a bexiga, ajudam na saida das pedrinhas nos rins). Tomei todos os remedios para dor, mas nenhum amenizou o que eu sentia, eu dei murro na parede, eu nunca gritei tanto de dor, ate que me deram morfina para tirar a dor, mas a morfina só fez efeito depois de uma hora. Após esse ocorrido, voltei para casa, para repousar e esperar 15 dias para a proxima cirurgia (que foi a retirada dos Duplos J). Sendo que para fazer a retirada desses aparelhos, tem uma demora de 20 minutos, e a minha 7ª cirurgia demorou mais de 1 hora. Os medicos queriam ver se o meu rim realmente tinha voltado a funcionar.
Tive alta sabendo que teria que conviver com essa doença “cronica” para o resto da minha vida. Após, 3 meses da ultima cirurgia, voltei para o hospital com crise renal, fiquei em observação e ouvi novamente: “Isso é normal no seu caso, o tempo para voce voltar com dor é de 3 há 6 meses, mesmo tendo feito cirurgias”. Eu sai desacreditada do hopital, cansada de ouvir que não tinha cura (eu sei que perto de outras pessoas, minha doença não é nada, mas é a minha historia), e fiquei me perguntando “por que eu tinha que passar por isso, sendo que eu havia pedido para não sofrer mais”… Ai lembrei que minha mãe é Kardecista e estuda isso. E uma vez ela tinha comentado que seria bom eu ir buscar ajuda, pois isso era algo de vidas passadas, mas não dei muito importancia ja que estava tão desanimada. Então, acabei chagando nela e pedi para ir ver como era a cirurgia espiritual feita pelo Edson, e ela não exitou, me levou não acreditando que ficaria um sabado inteiro ali. Mas fiquei, adorei, as pessoas que colaboram são iluminadas e nos tratam como se fossem da nossa familia. Me senti muito confortavel. Mas serei sincera, tava sem esperança de ser escolhida para fazer a cirurgia, e tive uma grande surpresa, EU FUI UMA DAS ESCOLHIDAS !!! Foi um alivio incomparável e uma felicidade tremenda.
Quando entrei na sala de cirurgia, senti a mesma tensao das cirurgias que ja tinha feito antes em hospitais. Mas tudo incrivel, senti uma dorzinha suportável e mau estar passageiro. Fizemos todos os procedimentos de voces, e fomos embora. Ja consegui sorrir mais aliviada e a esperança surgiu de novo dentro de mim. Acabei nem dando muita para a Visita Espiritual, pelo contrario até “brinquei” falando: eu não vendo nada, esta tudo certo.
Cheguei em casa e dormi ate as 21:00, acordei fiz o que tinha que fazer e voltei para o meu quarto sem sono nenhum, lembro que era 23:00 e eu estava assistindo um programa de humor na televisão e de repente veio um sono incontrolavel…o meu quarto estava diferente, eu tava com frio, e eu senti que eu não estava sozinha. Eu tentava abrir os olhos, mas é como se eu estivesse voltando da anestesia e eu estava com preguiça, só queria ficar quieta. Mas ouvi perfeitamente uma voz falando: “Thairam voce precisa acordar, abre os olhos, acabou”. E eu fiquei muito assustada, poque estava todo mundo dormindo e eu tranco a porta do meu quarto, mas logo me dei conta que havia uma Equipe Espiritual comigo.  Então eu resolvi conversar, e falei: eu não conseguia abrir os olhos, e que eu quero dormir, mas que eu estou com medo e eu adoraria que minha mae estivesse aqui. Então essa voz falou: “Thairam, faz um esforço para nós, voce precisa abrir os olhos”. Nisso eu tentei abrir os olhos, eu estava acordada, sabia exatamente o que estava acontecendo ali, mas eu não conseguia fazer o que a Equipe Espiritual pedia, mas eu tentei, nisso eu vi que a Equipe Espiritual era numerosa, o meu quarto estava cheio e eu acabei ficando mais assustada, quando ouço uma voz ao lado da cabeceira da cama, falando: “Deixa ela descansar, ela precisa dormir…calma, sua mãe esta na sala, logo voce vai poder ver ela”. Era uma voz tranquila, cheia de paz, tinha um cheiro muito bom, e posso indentificar esse espiriro de luz como um homem. Então quem tanto pediu para que eu abrisse os olhos, pediu para que eu deitasse de lado, deixando livre o lado do rim direito (o que mais foi prejudicado e o que parou de funcionar), então senti alguem pressionando meu rim, e sorri agradecendo por poder dormir mais um pouco. Dormi até as 15:00 do domingo. E contente por ter acontecido o que aconteceu na noite anterior. Contei para a minha mae e ela ficou feliz, e descobri que são poucas pessoas que conseguem se lembrar ou ver a Equipe Espiritual. Foi uma experiencia unica.
depois de 2 ou 3 dias, senti um incomodo muito grande para urinar, uma sensação de milhares de agulhas entrando de qualquer jeito na minha bexiga, ainda brinquei com a minha colega de trabalho falando: “Nossa nunca senti isso, será que vou expelir uma pedrinha, é só o que esta faltando”. Fui para a minha casa, e aquele incomodo não passava, e fui ao banheiro urinar quando sinto uma dorzinha passageira, quando eu olho expeli uma pedrinha de mais ou menos 7mm (a partir dos 5mm normalmente só sai com cirurgia). Por fim eu senti um alivio que ha anos eu não sentia, senti minhas costas mais leve, me senti mais disposta, me senti uma outra pessoa. E desde então, sinto que tudo dentro de mim esta bem, não existe mais desconforto.
Então estou aqui, contando meu testemunho. Compartilhando a minha historia, abrindo meu coração, contando o que evito contar. Agradeço muito a todos pela ajuda, pela colaboração e pelo carinho. E hoje eu me entrego a essa crença, a essa fé e a todo esse amor.
Algumas pessoas só acreditam em Jesus/Deus quando tem provas, e eu estava nesse meio, por causa das circunstancias (o que nada justifica), cogitei em dizer que estavam ocupados de mais para me ajudar, e é completamente diferente, quando voce acha que não existe solução, é ai que eles mostram o caminho, vai de voce querer seguir para conquistar.
Sou grata ao Edson, a Equipe Espiritual e a todos que colaboram com esse trabalho.
Thairam Scapinelli

Mauá/SP 
________________________________________________________________________________________________________________________________________
DEPOIMENTO DE MEMORINA DE OLIVEIRA
Sou casada, 55 anos, mãe de dois filhos: Em 1990 saí da Philips e fui assistente da dona Alayde no Lar Espírita Bezerra de Menezes como voluntária.Em 1991 depois de ler quase toda a biblioteca dela, fiz a escola de médiuns no Boa Nova e depois fomos para o União Fraterna onde colaboro até hoje. Em 2011 entrei na faculdade de Medicina do ABC para estudar Terapia Ocupacional.
Fiz no Irmã Sheilla uma cirurgia espiritual para enxaqueca que eu tinha há 19 anos e nunca mais tive. Em janeiro de 2014 apareceram uns nódulos na tireóide e deu na punção o grau 3, onde não se pode falar se é maligno ou benigno. Em fevereiro fui para o Irmã Sheilla fazer a cirurgia e só tive alta em setembro. Tomei os remédios rigorosamente! Em outubro fiz vários ultrassons e os médicos procuravam os nódulos e não encontravam. Fiz uma punção e deu grau zero. Ontem fui fazer o último ultrassom para tirar toda e qq dúvida e na hora que cheguei em casa, a clínica Lúmen me ligou para eu retornar hoje para repetir o exame…o médico olhava os anteriores…olhava….e me perguntou o que eu fiz para sumir com todos os nódulos e eu disse sobre a cirurgia, apesar da falta de evidência científica, etc. Estou curada!!!
Agradeço imensamente primeiro a Jesus, aos nossos mentores e ao hospital Irmã Sheilla, obrigada por tudo!
_______________________________________________________________________________________________________________________________
  • DEPOIMENTO DE DONA M.V.J.
  • Moradora de Mauá com suas próprias palavras nos relatou que ao fazer uma mamografia foi detectado um nódulo no seio esquerdo que a deixou muito triste e preocupada. Foi onde ela resolveu procurar auxilio no Pronto Socorro Irmã Scheilla, passou por consulta e cirurugia espiritual no dia 14/12/13, onde recebeu uma benção muito grande.
    Depois da cirurugia espiritual Dona M.V.J. realizou uma mamografia com compressão onde não foi achado nenhum nódulo. Muito agradecida a Deus e a toda espiritualidade Dona M.V.J. tem todos os exames que comprovam este depoimento.
  • ________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • RELATO DE MARIA SILVIA DE LIRA GABRELON -
  • Gostaria de agradecer as imensas dádivas que recebi de DEUS, obtendo curas maravilhosas em minha vida. Conheci o Recanto de Luz Irmã Sheila, na cidade de Ribeirão Pires – SP, através de um tio muito querido, tio Gilberto.No início de 2013, realizei uma cirurgia de hérnia, em São Paulo, como sequela resultaram dores na virilha direita. Durante os seis meses seguintes, utilizei diversos tipos de remédios sem conseguir resultado algum. No final do primeiro semestre de 2013, passei pela primeira cirurgia espiritual, no Recanto de Luz Irmã Sheila, onde obtive a Graça de eliminar por completo as dores que vinha sentindo.No segundo semestre de 2013, surgiu um nódulo na minha mama direita, e também a perda da fala, durante oito meses. Como há 18 anos atrás realizei mastectomia total da mama esquerda, devido a um câncer, e em seguida  realizei tratamento de radioterapia com total de cem aplicações, mais quimioterapia durante cinco anos.Com esse histórico, os médicos oncologistas, indicaram cirurgia para retirada total da mama direita e também retirada do útero.Resolvi retornar ao Irmã Sheila, onde no dia 14 de dezembro de 2013,  passei novamente por cirurgia espiritual,  abrangendo a mama direita e pescoço. No momento da cirurgia, o médico espírita, disse que era um presente de Natal. Neste dia, além das Graças alcançadas, pude apreciar músicas interpretadas por  Célia Tomboly, da cidade de São Vicente – SP. O Recanto atendeu , neste dia, mais de 700 pessoas, vindas de várias localidades, inclusive de outros estados e até mesmo do Chile.Após esse dia, a pedido da médica oncologista, realizei exames de controle para a doença. Os resultados comprovaram não haver qualquer sinal de malignidade.Agradeço em primeiro lugar à DEUS e à NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, ao meu tio Gilberto, ao meu esposo Jesué, ao Recanto de Luz Irmã Sheila, ao Médium de cura – Edson Barbosa de Souza , e ao seu Mentor Espiritual – Espírito de Dr. Stefani Oswald,  e  todos os tarefeiros que ali trabalham com imensa doação de AMOR.

 DONA SILVIA DISPONIBILIZA TODOS OS EXAMES DO CASO.

  • ___________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • Há mais ou menos 02 anos Leonice foi diagnosticada com Glaucoma no olho esquerdo.
    Procurou o especialista, realizou exames, fez tratamentos e a pressão do olho continuava alta 20, não melhorava e nem abaixava, durante 08 meses.
    Não sabia mais o que fazer.Ouvindo a Rádio Mundial em Itatiba onde reside, resolveu ligar e se informar e veio até o Centro Allan Kardecc em Mauá para fazer o tratamento espiritual.
    Aproximadamente no mês de Novembro-2011 passou por consulta e realizou sua primeira cirurgia.
    Seguiu as orientações recebidas e continuou o tratamento com o especialista, seu médico.Após um mês retornou ao médico repetiu os exames e este observou que a presão do olho havia baixado e constatou que não havia mais problema algum.
    Ele perguntou o que ela havia feito, por que isto não acontece sem tratamento.
    Leonice relatou a ela que tinha realizado a cirurgia espiritual
    Como resposta : Disse-lhe foi a sua FÉ.No dia 14/01/12 passando pelo retorno da consulta espiritual recebeu alta da espiritualidade e ficou feliz por ter recebido a cura.Fez 03 cirurgias espirituais e sente-se feliz, pois não sente mais as fortes dores que a incomodaram por tanto tempo.
  • _________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • Sra. Durvalina levou um tombo e quebrou duas vértebras; foi ao médico ortopedista, este passou remédios disse que era caso e cirurgia, mas disse que não iria operá-la mesmo com as fortes dores que sentia por causa de sua idade e problemas de saúde que já possuía, diabetes, hipertensão, etc.Ficou sabendo por amigos e procurou a cirurgia espiritual a mais ou menos 04 anos no Centro Espírita a Caminho da Luz em Ribeirão Pires, , fez o tratamento espiritual com passes , água fluidificada e cirurgias.Seguiu as orientações da espiritualidade de como proceder e recebeu alta, mais ou menos no meio do ano passado e afirma que não sente dor alguma.Voltou ao médico ortopedista, refez os exames e este impressionado lhe perguntou?
    Como você curou sua coluna?
    Repetiu a ela que estava curada,e queria saber como conseguiu endireitar a coluna sem procedimento cirúrgico.
    Durvalina preferiu não dizer o que fez por que achou que ele não iria acreditar e também não importava mais.Hoje se sente feliz e afirma não sentir mais dores.Agradece a toda espiritualidade pela benção recebida.
  • ___________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • DEPOIMENTO DE MIRIAMTUDO COMEÇOU EM FEVEREIRO DESTE ANO 2011, FIZ O PAPANICOLAU , E DIAS DEPOIS ESTRANHEI, POIS O POSTO DE SAÚDE ME PEDIU PRA IR BUSCAR O EXAME,LA CHEGANDO A ENFERMEIRA ME CHAMOU E DISSE ; QUE MINHA CONSULTA COM O MEDICO JÁ ESTAVA MARCADA,QUESTIONEI..E ELA DISSE QUE SE NÃO ME CUIDASSE AS LESÕES QUE HAVIAM APARECIDO EM MEU ÚTERO PODERIAM SE TRANSFORMAR EM UM CÂNCER ……CHOREI MUITO …E PIOR ESCONDIA DE MINHA FAMÍLIA TODO O DRAMA ..POIS ELES SÓ TEM A MIM…MUITAS VEZES SAIA PRA RUA PRA PODER CHORAR….COMECEI O TRATAMENTO COM O MEDICO.FIZ VÁRIOS OUTROS EXAMES E SÓ VINHAM ACRESCENTAR O QUE JÁ SE SABIA….FOI QUANDO A ESPIRITUALIDADE COLOCOU UMA PESSOA MUITO IMPORTANTE EM MINHA VIDA COM A QUAL PASSEI A DIVIDIR MEU DRAMA….FOI ENTÃO QUE ELE MESMO ME FALOU DO IRMÃ SHEILA…PASSEI A IR…….., EM UM DOS EXAMES O MEU MEDICO ME PERGUNTOU SE TINHA FEITO ALGUMA CAUTERIZAÇÃO
    EM MEU ÚTERO …RESPONDI QUE NÃO ..QUE SÓ ME TRATAVA COM ELE..ELE ESTRANHOU,MAS FICOU QUIETO…….QUANDO FUI NA CONSULTA SEGUINTE ,TOMEI CORAGEM E CONTEI A ELE QUE ESTAVA FAZENDO UM TRATAMENTO ESPIRITUAL……NO QUAL OCORRIA CIRURGIAS ESPIRITUAIS…ENTÃO ELE ME DISSE QUE O ÚTERO ESTAVA COMO SE TIVESSE PASSADO POR CAUTERIZAÇÕES MESMO…..DISSE QUE A FÉ REMOVE MONTANHAS……AGORA JÁ ESTOU DE ALTA AI DO IRMÃ SHEILA…(TENHO RETORNO COM MEU MEDICO EM JANEIRO.. )..E DOU GRAÇAS A DEUS ..A NOSSO IRMÃO MAIOR JESUS..E AOS AMIGOS DA ESPIRITUALIDADE….MUITO OBRIGADO A TODOS DESTA CASA ..QUE COM CERTEZA TRAZ FELICIDADES A MUITOS.
  • ____________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • No ano de 2007, Amanda sentia fortes dores, foi ao médico nefrologista, fez exames e foi constatado no diagnóstico que tinha pedra no rim.
    O médico disse-lhe que ela deveria implodir. Sofria com fortes dores, urinava com sangue, pois a pedra foi considerada grande aproximadamente dois centímetros.Decidiu não fazer a implosão da pedra.
    Ficou sabendo por amigos sobre a cirurgia espiritual e em janeiro de 2007 procurou a o Centro Espírita A Caminho da Luz em Ribeirão Pires, pois naquela ocasião ainda não havia começado o atendimento no Centro Espírita Allan Kardecc em Mauá.
    Realizou a cirurgia espiritual no sábado seguinte ainda em Janeiro.
    Como estava de férias tinha viajem marcada para a Bahia – curtir o carnaval com os amigos, mas chegando lá não conseguiu aproveitar, sentia necessidade de repouso, havia apenas uma semana pós cirurgia espiritual.
    Ficou olhando o carnaval passar do hotel.
    Retornando de férias foi a uma consulta com o mesmo nefrologista, realizou exames novos onde foi constatado que a pedra havia sumido.
    Contou para o médico o que havia feito e este não se pronunciou, ficou sem explicação.
    Após este fato afirma que nunca mais sentiu dor.
    Com apenas uma consulta e uma cirurgia após uma semana não sentiu mais dores
    Sente-se agradecida a espiritualidade..
  • ___________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • D. Elaine, com as suas próprias palavras, nos relatou que:“Por volta da metade do mês de outubro de 2011, comecei a me sentir mal, com fraqueza, sem apetite… a princípio imaginei que seria pela vida agitada e pelo stress (tanto no trabalho quanto emocional) pelo qual eu vinha passando.
    Chegou um dia no trabalho que não tinha forças para ficar em pé. Saí e fui direto para o pronto socorro. Chegando lá fiz alguns exames de sangue e ultrassom abdominal, quase ao final da tarde quando saíram os resultados, ao passar pelo médico de novo, ele decidiu me internar, falou que eu estava com um comprometimento sério do fígado e que talvez meus rins não estivessem funcionando corretamente.
    Só consegui vaga em um hospital na Lapa, e quando fui refazer exames e conseguir ser internada já eram 04h00 da manhã do outro dia e o quadro já havia evoluído bastante, eu estava mais fraca e amarelada pelo fato de estar com icterícia.
    Foram quatro dias de internação, sempre com soro bem glicosado (para me dar energia), antibióticos, anti-inflamatórios… porém não conseguia me alimentar direito.
    Recebi alta sem um diagnóstico definido, a infectologista do hospital suspeitava de mononucleose, foi a justificativa que ela apresentou ao liberar, que não fazia sentido me manter lá, seria só um desgaste para mim e para minha família, já que o resultado dos novos exames demorariam 1 semana para ficarem prontos e se fosse mononucleose, era o meu organismo que desenvolveria imunidade para combater a doença, não havia medicamento para receitar. Então me afastou do meu trabalho por 14 dias e disse que voltasse a trabalhar por 2 ou 3 dias e que se não estivesse bem, para eu voltar ao hospital que ela me afastaria por mais 14 dias, pois se estivesse realmente com mononucleose iria demorar para ser totalmente curado. Então fui pra casa e fiz acompanhamento com outro infectologista ao qual constatou que era realmente Mononucleose por citomegalovírus, e me explicou que demoraria alguns meses para eu me curar que eu até me sentiria bem ao acordar, mas ao final do dia eu me sentiria exausta e que não havia medicamento para isso, o meu organismo é que desenvolveria imunidade. Só pediu para que eu não tomasse sol, não pegasse peso, não fizesse atividade física e que tomasse bastante água.
    Continuei o tratamento no PSE Irmã Scheilla e repeti os exames no começo do mês de Janeiro de 2012. Quando retornei ao médico da matéria em 31/01/12 ele me disse que apesar de uma leve alteração na hemossedimentação, eu já estava curada por já haver passado quase 1 mês da coleta dos exames, e que eu nunca mais pegaria esta doença, que eu já estava bem.
    No dia 15/02/12 passei pelo hematologista e ele também falou que estava de alta, pois da parte dele não havia nada para tratar. No dia 18/02/2012 recebi alta no PSE Irmã Scheilla.
    Muito Obrigada!
    Elaine (11.03.2012)”
  • ____________________________________________________________________________________________________________________________________________
  • Meu filho, Hebert V. de Morais , nasceu em 17 de março de 1995. Esse era o dia do aniversário do meu 1º filho que fazia 5 anos. Só motivos de alegria.
    Hebert nasceu com Síndrome de Down e um preocupante problema cardíaco. No seu pequenino coração havia um “furo” que, segundo os exames, tinha 7mm de diâmetro. Por esta razão, ao respirar produzia um barulho como se o seu pulmão estivesse cheio d’água, mamava e respirava com dificuldade.
    Ele foi encaminhado a um cardiologista, com especialidade em atendimento cardiológico infantil, Dr. João Voino. Os exames solicitados por esse médico, a partir daí, confirmaram a necessidade de um procedimento cirúrgico.
    Em um dia que estávamos com o Hebert no consultório desse cardiologista, eu e o meu marido, conhecemos uma paciente que nos falou do centro espírita – CEDRE – localizado no bairro Camilópolis e dos tratamentos espirituais que havia presenciado por meio do médium Edson Barbosa.
    Então, já com a data da cirurgia agendada, fomos ao CEDRE em Santo André – SP. Fomos recebidos pela dona Billie (uma servidora da casa). No primeiro dia, o Hebert passou por uma cirurgia espiritual. Seguimos todas as recomendações…deu certo.
    Quando fizemos os exames pré-operatórios, todos foram surpreendidos com o resultado: NÃO HAVIA MAIS NENHUM FURO NO CORAÇÃO. O médico solicitou novos exames em laboratórios recomendados por ele para comparação e o diagnóstico foi confirmado: NADA MAIS HAVIA.
    O médico nos perguntou: “Vocês acreditam muito em Deus, não é?”
    Ao que respondemos: “É claro que sim”.
    - Então foi isso, finalizou.
    Sabemos que ele entendeu o que aconteceu sem dizermos nenhuma palavra.
    Desde então fazemos acompanhamento com o cardiologista e por meio de exames periódicos.Não consta.
    Hoje o Hebert tem 17 anos, vai para a academia três vezes por semana e faz natação uma vez. Concluiu o 9º ano do Ensino Fundamental em uma escola regular de ensino e diz que fará o curso de publicidade e propaganda e, ás vezes afirma que será massagista.
    Esta história é só mais uma das tantas que vi acontecer, pois passei não só a contar esse fato do meu filho, como tenho levado pessoas da minha família e/ou amigos para passarem por esta experiência espiritual por meio de pessoas abençoadas e de DEUS.
    Diana M. de Morais -mãe Sebastião V. de Morais – pai
  • _____________________________________________________________________________________________________________________________________

 

  •  A professora E.I.R, moradora na região do Grande ABC, afirma que, quando consultada por médico especialista e depois do exame, foi detectado um nódulo em uma das mamas. Ela foi orientada a procurar o médium Edson, e realizou a operação mediúnica. Quando voltou ao médico e fez novo exame, o nódulo tinha desaparecido.
  • A dona de casa J. estava com os dois rins praticamente parados, o que foi comprovado por exame médico. Ela passou pelo trabalho do médium e, dias depois, já conseguia urinar normalmente.
  • O espírita Anésio Montes, que reside em Santo André, conta que tinha problemas no estômago e na válvula mitral, que estava com uma veia entupida. Recorreu ao médium Edson, de quem é amigo há vários anos, e se restabeleceu plenamente depois da operação a que se submeteu. A mulher dele, M.M., sofria com uma diverticulite e após ficar aos cuidados do médium se recuperou completamente. O filho de Anésio, N.M., sofria com uma erisipela e, no hospital, detectaram um coágulo na coxa posterior da perna direita. Depois que ele recebeu atendimento espiritual, o coágulo sumiu. O médico que o atendera pela medicina tradicional não se convenceu e pediu um segundo exame e nada foi comprovado. O profissional achou que havia erro no Raio X e pediu o terceiro. O problema tinha sido mesmo eliminado.